09 maio 2014

Aprendizagem...

Depois das queixas da professora de árabe, que a Maria não se andava a esforçar o suficiente, e que as suas notas não iam lá muito bem, eu e o pai decidimos fazer uma certa pressão nos dois meninos, a ver se abriam os olhinhos e se espavilavam na coisa, que só tinham esta oportunidade para aprender o árabe. Que não ia ser quando voltássemos para Portugal. Se tinham aprendido o espanhol em poucos meses, só com os amigos, e sem nenhuma aula de espanhol, então tinham mais que obrigação de aprender perfeitamente o árabe com aulas.
Fez-se luz naquelas cabecinhas e a atitude mudou, sobretudo na Maria, que era a situação mais preocupante. Começou a praticar mais a leitura em casa, e a pedir a ajuda da Hasnae, a nossa empregada, para fazer os trabalhos de casa. 
No outro dia enquanto fazia o lanche, depois de chegar a casa, comecei a ouvir a Hasnae a falar árabe (normalmente fala espanhol conosco) e parecia que estava a falar sozinha, enquanto passava a ferro. Quando vou ver melhor, estava a fazer um ditado para a Maria, que lhe pediu; por sua livre e espontânea vontade. Contente contente fiquei quando fui à ultima de notas reunião de notas e a professora de árabe se fartou de elogiar a Maria, que tinha mudado do dia para a noite e que àquela altura era a melhor da turma na leitura :)

2 comentários:

Carla R. disse...

Tenho uma amiga libanesa (sim, ja sei que é outro arabe)(não, não percebo nada destas diferenças)(o que é arabe literario?) que emigrou antes de ter filhos. Agora, que tem os filhos na
primaria, colocou-os numa escola para aprender arabe nos sabados. Aos fim de semana fala arabe com os filhos, mas sem sucesso, emles até percebem algua coisa, mas respondem sempre em francês. Como é que é possivel ?
PS: adorava aprender arabe. Tu também estas a aprender ?

G_ticopei disse...

Para os meus filhos também é um pouco complicado às vezes porque em Marrocos fala-se Darija, que é o "arabe marroquino", mas na escola aprendem o árabe clássico (deve ser esse árabe literário que falas) e muitas coisas dizem-se de forma completamente diferente. Para mim ao principio era muito difícil porque é tudo muito diferente e o ano passado juntei uns amigos e contratámos um professor. Aprendi muito, mas não o suficiente para manter uma conversação. Mas já vou ao mercado e peço tudo e regateio preços em árabe. Aí já me desenrasco :)

Matar saudades

Uma vez que os meninos estavam de férias na semana passada, deu-me assim uma nostalgia e lembrei-me que podíamos ir a Portugal, pois na se...