21 setembro 2017

14 anos...

E passados 14 anos da tua despedida as lembranças e as memórias não se esquecem... O teu sorriso, a tua forma de ser e estar, o teu abraço, os teus mimos, o teu cheiro, até a forma como me repreendias quando alguma coisa não era do teu agrado, são coisas que estão gravadas em mim e que guardarei para sempre com todo o carinho que mereces e sempre mereceste. E que melhor reconhecimento senão o carinho e o gosto que os teus netos também demonstram quando falam do "vô Zé" mesmo sem nunca te terem conhecido... Tenho muitas saudades tuas e gosto de pensar que me ouves contar-lhes as tuas histórias onde quer que estejas. E imagino o teu sorriso ao ver as reacções deles e comovo-me sempre que o meu filho me diz que gostava de ter uma máquina do tempo para que te pudesse conhecer... Continuas a fazer-me falta todos os dias papá. Continuo a amar-te todos os dias...

19 setembro 2017

Tanjazz 2017

E mais um ano estivémos presentes no Cocktail de sábado que o Banco oferece todos os anos, durante o Festival de Jazz de Tanger, aos seus clientes no Palácio das Instituições Italianas.

Gosto muito deste dia pois encontramos sempre muitos amigos e temos sempre actuação de grupos de Jazz e demonstração de danças Be Bop e Lindy Hop, com Ada & Robin e Mélanie & Thomas.

Este ano como musicos tivémos a sorte de ter Nicolle Rochelle & Hot Antic Jazz Band.
Muito agradável mesmo.

Nós para não variar assentámos arraiais no sítio de sempre! Ao fundo, onde sempre estamos à sombra e bem perto da mesa das bebidas :)

De volta à escola e à rotina

Com Setembro a aproximar-se do fim e com a rotina da escola e das actividades a instalarem-se para mais um ano escolar, começamos a notar que as noites também se vão tornando pouco a pouco mais frias.
E dou-me conta como passou tão depressa o verão e as férias.
Este ano fizémos férias por duas vezes, com uma estadia em Tanger de apenas 10 dias, pois no dia 1 de Setembro começava em Marrocos a semana da Festa do Cordeiro, época que sempre aproveitamos para ir a Portugal.

O Verão foi passado em casa, com algumas idas a Benavente e à Covilhã.
E foram tres semanas maravilhosas entre amigos e familia, onde aproveitamos ao maximo os dias para estar com quem queremos e com os que conosco querem estar!

E cumpriu-se mais um ano a tradição com o almoço em São Jacinto, o aniversario da ML e a reunião "Mariana Amaral" embora este ano sem a presença da Mariana Amaral e sem areal. No entanto isso não impediu a que o grupo se juntasse, não na praia, mas num belo jantar em casa do Pardal!

E depois as visitas que sempre gostamos de ter e fazer... A minha mãe, o Tó e a Andreia. 
E a estadia da minha querida afilhada Filipa, depois da sua grande aventura do ACANAC 2017!

E a praia, e as idas ao café, e os torneios de matraquilhos, e os campeonatos de cartas, quando se montava o casino lá em casa, e os jogos de xadrez e as musicas dos mais novos, mais os videos e os youtubers, houve um pouco de tudo!!

video



No dia 1 de Setembro regressamos então a Portugal mas desta vez não subimos até casa. Ficámo-nos pelo Alentejo e Algarve.
Este ano finalmente pudémos aceitar o convite que uns amigos nos faziam há alguns anos e fomos até Cuba conhecer a Feira Anual da Cuba.
A Andreia, o Rui e as meninas juntaram-se a nós e passámos um fim de semana ùaravilhoso mesmo. Correu tudo bem e, houve tempo para tudo. Para descansar, brincar, comer (imeeenso, mas quem consegue resistir à gastronomia alentejana?), ir à festa, dançar, e sobretudo rir, rir muito!!!
E os miudos adoraram a liberdade, a camarata onde ficaram os 6 sozinhos, a noite da directa com direito à ida à cozinha preparar o seu pequeno almoço quando já o sol tinha nascido!!! Foram mesmo 3 dias espectaculares!!







video




Antes de regressar a Tanger ainda passamos no Algarve e aproveitámos para visitar o nosso amigo Isidoro que nos levou na terça feira a conhecer a Ria Formosa de barco. Estavam também uns amigos seus de Matosinhos e foi um dia super divertido, com paragem para almoço na Ilha da Culatra e pausa para mergulhos na Ilha da Armona. Sem duvida uma boa memória a guardar!






Ilha da Armona


Ilha da Culatra




E na quarta feira regressámos a Tanger, pois na quinta feira era o primeiro dia de escola para os meninos e eles não quiseram faltar!

25 agosto 2017

O regresso da férias e os amigos

Pois o regresso foi na passada segunda feira e tem sido bastante bastante atribulado!!! Com a casa cheia não temos parado e a tem sido uma animação pois vieram conosco uns amigos  da Maia, com os seus dois meninos, mas já tinhamos cá outros amigos da Covilhã, com mais dois meninos à nossa espera que já tinham chegado no sabado.

Os dias têm passado a correr entre os passeios, as idas à medina, as fotos com os camelos e os jantares!!! A grande animação dos jantares e a alegria de sermos 12 à mesa ainda que divididos pois os 4 rapazes comem na mesa do terraço, mas com o barulho que fazem e as gargalhadas que largam não nos deixam que os sintamos separados de nós.

Hoje os nossos amigos que tinham chegado no sabado regressaram a casa, e logo ao jantar já seremos menos e sentiremos a falta deles, mas foram muito divertidos estes dias!

Ontem à noite na despedida não pudémos deixar de tirar a foto da praxe dos miúdos e dos graúdos!
Obrigada Andreia, Vitor, Laurinha e Vitor Junior :) pela vossa visita e voltem sempre!!! Gostámos muito de vos cá ter!!!



18 julho 2017

O fim de semana, os amigos, o barco e...os golfinhos!!!

Passámos um fim de semana espectacular! No sabado fomos visitar os nossos amigos Shara e Moussa que já estão na sua casa de praia, na costa do mediterrâneo, entre Fnideq e Marina Smir. E sim era suposto irmos apenas fazer uma visita, passar o dia com eles e regressar ao fim do dia... Mas não! Acabámos por ficar para domingo pois não havia muitas condições para regressar no sabado à noite :)

Chegámos lá por volta das 13h30 e depois de comer umas tapas que a Shara tinha preparado saímos a passear de barco. E foi muito bom! Desta vez posso dizer que passeei pois normalmente fazemos corridas!! O Moussa vai sempre tão depressa que apenas paramos para dar uns mergulhos e lá vem a alta velocidade outra vez :) Mas desta vez não... estava calmo, pôs o Ivo aos comandos e passamos uma tarde verdadeiramente espectacular...
Passado algum tempo de estarmos no mar queriamos dar uns mergulhos mas tivémos que dar algumas voltas pois o sitio do costume estava cheio de alforrecas e não era muito aconselhável mergulhar no meio delas, então fomos até Cabo Negro, pois aí normalmente a água é mais fria e não há alforrecas.
Durante o trajecto, quando estavamos a passar mais ou menos em frente de M'diq começamos a ver qualquer coisa na água. Levantámo-nos e eram golfinhos!!! Estavam ali mesmo a brincar connosco, ao lado do barco, a acompanhar a nossa viagem!!! Bem fui a correr buscar o telemóvel e comecei a filmar!Incrível como nos acompanharam durante algum tempo!!! Para mim foi uma emoção pois apenas tinha visto estes animais na televisão e no jardim zoológico, assim lá ao longe nos tanques!! Foi mesmo uma sensação espectacular vê-los ali tão pertinho em plena liberdade!

Depois da visita ainda ficamos mais algum tempo no mar e por volta das 20h00 voltamos para casa. E não! Não havia condições para voltar àquela hora para Tanger... :) Então depois de jantar fomos para a praia! Foi muito divertido!

No dia seguinte o Ivo levantou-se cedíssimo e foi sozinho para a praia. Nós preferimos ficar em casa, a tomar o pequeno almoço tranquilamente na varanda que tem uma vista linda que me faz lembrar imenso o meu Algarve!! Depois fomos almoçar todos com uns amigos do Moussa e da Shara que tinham vindo de Rabat e por fim voltamos a Tanger! 
Foi decididamente um fim de semana espectacular e para a próxima... pelo sim pelo não faço a mala e meto-a no carro :)







A varanda que adoro e me recorda tanto o meu Algarve!! Que agradável que é estar aqui...

14 julho 2017

Em modo Lua de Mel

E com os meninos em Portugal cá vamos passando os dias em modo Lua de Mel :) Durante o dia trabalho e à noite, a verdade é que temos parado pouco...

Entre jantares com amigos, outros só nós os dois a verdade é que já se passaram 2 semanas num instantinho... e na verdade é que apesar de sentirmos saudades dos meninos é muito bom este tempo só para nós dois.

Por agora, depois de uma semanita com os meus sogros, os meninos estão com a minha mãe e o meu padrasto e na próxima quarta feira vão para o Algarve com a madrinha do Jota. E nós assim que possivel, no fim do mes regressamos a Portugal para voltarmos a estar outra vez os quatro juntos...



07 julho 2017

O fim de semana e a festa

E mais um ano celebramos a amizade na abertura da época balnear na "nossa Maison Tá-se Bem"!
Este ano tentámos decifrar há quantos anos se fazia esta reunião de amigos que começou numa passagem de ano, em que um grupo cismou que queriam terminar a noite na piscina do Nélito e ele, com medo que algum lá ficasse com alguma congestão devido ao muito que já tinham bebido, lhes prometeu que no Verão organizariam um grande churrasco. 
E o churrasco organizou-se nesse verão e em todos os outros que se seguiram. E o que começou com uma festa de abertura de verão passou a duas festas! A abertura e o encerramento do Verão.

A conclusão de há quantos anos foi isso é que não foi nenhuma... Uns diziam que há mais de 20 anos, e outros que nem tanto... Da minha parte sei que participo vai para mais de 16 anos e é sempre uma diversão... E o lindo que é olhar para as fotografias e ver os miudos ainda nas barrigas das mães, bebés nos carrinhos e camas improvisadas a fazer a sesta e hoje em dia já enormes, na universidade, uns em Portugal, outros no estrangeiro e com as suas motas e carros!

Este ano resolvi fazer uma surpresa a todas e foi uma brincadeira pegada!! Resolvi levar uma djelaba para cada uma e ficarmos todas vestidas de igual... Todas adoraram... Foi uma festa enorme, e no fim a Ménita lembrou-se de repetir a fotografia que nós tinhamos tirado mas em versão masculina. Então vestimos os respectivos com as djelabas e aí sim, foi a palhaçada pegada. O Ivo não vestiu a minha porque não lhe cabia de certeza pois a minha era a mais cintada :) Mas foi o máximo vê-los todos tão coloridos!!

Entretanto a meio da festa fomos todas esperar o comboio histórico do Vouga, que fazia nesse dia a sua viagem inaugural e como a Estação e o Museu Ferroviário eram mesmo ao lado lá fomos nós vestidas à marroquina. Foi outro pagode e de repente passámos a ser nós a atração principal pois toda a gente olhava para o estranho grupo e os conhecidos vieram todos cumprimentar e elogiar! 

Foi sem dúvida mais um dia daqueles que se guardam no coração e que não se esquece!!!


 A ala feminina!

A preparação para a foto da Ala masculina!

A Ala masculina! :) :)


O grupo dos amigos!


Ferias - Parte I

Pois finalmente acabaram as aulas e finalmente podemos falar em férias!!
As ultimas semanas foram ocupadas com idas aos colégios para recolher as notas dos meus meninos (muito boas por sinal, estão de parabéns as crianças) e andanças com eles em festas e encontros de despedida dos amigos. 
Tivémos também o dia do meu aniversário que foi passado tranquilamente em familia e com imensas mensagens e telefonemas de amigos. Para comemorar fomos os quatro jantar à Casa Italia que eu adoro!

Na sexta feira, dia 30 Junho fomos a Portugal levar os meninos pois vão ficar todo o mes de Julho lá enquanto eu e o Ivo regressámos no dia 3 Julho. No fim do mes já nos juntamos a eles novamente, para tres semanas de férias em Portugal!

Para já estamos em "lua de mel" o resto do mes :)

20 junho 2017

Quando tudo estava verde

Há 7 anos atrás passámos uma semana maravilhosa onde o sabado passado ocorreu uma das maiores tragédias do nosso país... Ontem recordava isso com um dos amigos que nos acompanhou. Visitamos quase todas as praias fluviais nessa zona e passámos também um dia na Piscina das Rocas em Castanheira de Pera, de onde vinha a maior parte das vítimas. Os miudos eram tão pequeninos e foi a primeira vez que acamparam...Ficarão sempre essas memórias...aqui, aqui e aqui

Dos incêndios

Tenho assistido pela televisão a tragédia que aconteceu em Portugal com o incêndio de Pedrógão e não tenho palavras para exprimir o sentimento de dor, pena e solidariedade para com as pessoas envolvidas, desde as vítimas, familiares, habitantes, bombeiros... enfim, toda a gente que viveu e assistiu àquele inferno...

Sei por experiência própria, ainda que numa dimensão que não tem nada a ver com o que se passou em Pedrógão, o medo, o pânico e o sentimento de impotência perante o monstro que é o fogo. No verão passado tive a experiência de o ter também à porta de casa. 
O que começou com um pequeno foco transformou-se num imenso susto.

Uma manhã começamos por ver umas colunas de fumo na nossa zona. Nesse dia íamos almoçar aos meus sogros e tinhamos previsto uma tarde de cinema com os miudos. Antes de irmos para casa dos meus sogros resolvemos verificar por onde andava o fogo que tinha originado as colunas de fumo que tinhamos visto de manhã. Não estava assim tão perto da nossa casa e ainda estava do outro lado do rio. "Não chega lá" disse-me o Ivo para me tranquilizar... 

No fim do almoço chego-me à janela da sala e nem queria acreditar onde o fumo já estava. "Está na direcção da nossa casa e não deve andar muito longe", disse eu.
Metemo-nos no carro deixando os meninos com os meus sogros e fomos ver o que se passava. Chegámos a casa e não vimos nada mas continuamos mais 600 metros e lá estava ele, a ameaçar a casa de um vizinho nosso.

Só me lembro de ver outros vizinhos com moto-serras na mão, que tinham acabado de cortar alguns pinheiros que poderiam colocar a casa em risco e ouvir gritos. Muitos gritos de aflição! Uns a pedir agua, outros a pedir que ligassem novamente para os bombeiros, outros de horror mas os que mais me impressionaram foram os da minha vizinha, desesperada que não encontrava a filha. Afinal a moça já com 16 anos tinha resolvido por os cães a salvo, levando-os para casa de familiares e na pressa não avisou a mãe onde ia...

Foi a primeira vez na minha vida que tinha estado tão próxima de fogo e que tinha tremido de medo e impotencia por esta razão...







Aqui o reencontro entre mãe e filha

Com a chegada dos bombeiros e a ajuda dos vizinhos o fogo foi apagado, a casa ficou a salvo e o fogo continuava lá mais atrás nuns pinhais. 
"Agora é deixar arder", diziam os bombeiros... "Ali não conseguimos chegar. Vamos ficando por aqui só para salvaguardar as casas"

Pareceu-nos que a coisa tinha acalmado, que estava tudo controlado e fomos buscar os meninos e levámo-los ao cinema...
Quando voltámos para casa estava outra vez impossivel... Desta vez, estava a 300 metros, por tras de uma fabrica que fica perto... Os bombeiros vieram ter conosco e o unico que nos disseram foi: "Não temos mais efectivos, precisamos da vossa ajuda. Cada proprietário tem que proteger o melhor que pode as suas casas". Perante aquilo pegámos nas mangueiras e começámos a regar todo o jardim, os telhados e as árvores... De vez em quando eu subia à varanda do primeiro andar para ver como estavam as coisas e como evoluía e assustava-me muito ver as folhas de eucalipto a arder, a voar em varias direcções, o que podia provocar outros focos de incendio muito rapidamente.

Estivémos até às 6 e meia da manhã de pé, de vigia, até que por aquela zona o fogo foi apagado...
Os meninos não sairam de casa. Tentámos acalmá-los sem nunca lhes demonstrar a verdadeira dimensão do fogo que estava ali mesmo ao lado de casa. Mesmo assim eles estavam super assustados e pediram-me que queriam dormir conosco. A minha afilhada Filipa também estava conosco. Foram buscar os colchões de campismo e montaram acampamento no meu quarto nessa, e nas duas noites que se seguiram.


Esta foto foi tirada do meu jardim, na noite que ficámos de vigia.


Esta foto foi já no dia seguinte... Ainda ardia mas mais longe...

13 junho 2017

Visitas

Pois na sexta feira passada tive uma surpresa muito agradável. Recebo uma sms a dizer: "...Hola amigos!!! Estamos em Tanger...". Era dos nossos amigos que no final do ano tinha partido para a Argélia!!! Os meninos terminaram o colégio e antes de partirem para França de férias, vieram uma semana matar saudades a Tanger. Tanger é de facto uma cidade que marca toda a gente que por cá passa e as recordações das vivencias passadas são tão boas que toda a gente quer voltar...
Durante a sua visita os nossos amigos instalaram-se numa casa que fica numa das praias mais giras e resguardadas de Tanger e convidaram os amigos para que fossem passar um bocado agradável e matar saudades dos tempos que eles cá viveram. E no domingo lá fomos nós passar a tarde com eles. A intenção era regressar a tempo de o Ivo poder assistir à Formula 1 que começava às 7, mas depois acabámos por ficar lá até ao por do sol. 
A temperatura estava fantástica, estava um grupo super agradável, os miudos e os papás divertiram-se imenso com jogos e nas ondas (bem agitadinho estava o mar), enquanto as mamãs punham a conversa em dia na varanda da casa que ficava em cima da areia e com a água a chegar à porta por causa das ondas.
Era impensável regressar a casa sem aproveitar aquele sitio fantástico e a oportunidade  de poder assistir ao por do sol com aquela vista maravilhosa.
Foi sem dúvida uma tarde muito bem passada em familia, com direito aos mimos todos que as saudades já provocavam... Obrigada meus amigos! Voltem sempre que gostamos muito de vos cá ter!!!



Os miudos e os papás a jogar ao Chinquilho





O magnífico por do sol


08 junho 2017

Ftour

Tal como já tinha explicado aqui no outro dia, o Ftour é o momento em que os muçulmanos quebram o jejum efectuado durante o dia e se reunem a comer com as suas familias e amigos.

Ontem fomos convidados pelos nossos queridos amigos Shara e Moussa para partilhar o seu Ftour e aceitámos com imenso gosto. Primeiro porque gostamos muito deles e depois, falando por mim adoro a comida marroquina que é servida nesta ocasião.

A propósito da ocasião vesti-me a rigor para a noite :) Não foi nada muito produzido, pois em Ramadão reina a simplicidade sem grandes maquilhagens e apenas um toque muito leve de perfume, mas fiz questão de usar uma "Gandora" apropriada para usar neste tipo de evento.

A Maria também levou a sua "Djelaba" que lhe fica super bem e os nossos amigos adoraram o pormenor desta escolha da roupa.
Foi sem duvida uma noite super agradável!!!

06 junho 2017

Praia

A temperatura por estes lados tem estado fantástica. Um calorzinho agardável sem nada de altas temperaturas nem abafos. Por isso aproveitámos o fim de semana para ir à praia e apanhar um bocadinho de cor. Não ficamos muitas horas pois não convém abusar muito ao inicio mas soube pela vida.

As praias nesta altura do ano são super agradáveis pois como os muçulmanos não as frequentam em tempo de Ramadão, isso faz com que estejam quase vazias, super calmas e quase exclusivamente ocupadas por expatriados. O que é bom porque estamos tranquilos apesar de encontrarmos sempre amigos, o que permite dar duas de conversa e assim o tempo passa a correr. Para os miudos também é bom pois não se aborrecem e acabam por ter companhia para as brincadeiras.

Eu gostei e a ver se começo a ganhar uma corzinha pelo menos nas pernas pois parece que faço reclame à Lixívia ehehehehe


30 maio 2017

Ramadão

Por aqui vivemos dias de Ramadão desde sábado passado. Gosto deste mês, desta época de Ramadão... é uma época diferente... há uma certa paz pelo que representa o Ramadão mas ao mesmo tempo sente-se uma tensão e um stress provocado pela falta de comida, cafeína e nicotina para os fumadores. Enquanto as pessoas se sentem mais solidárias, ao mesmo tempo a privação de água e dos seus habitos alimentares durante todo o dia por vezes causa alguma impaciência e vemos algumas discussões na rua, no trânsito...

Outra coisa que gosto no Ramadão são os horários. Uma semana antes do início do Ramadão a hora mudou aqui. Voltámos à hora antiga e estamos com menos uma hora. Por outro lado os horarios laborais também mudam. Isso faz com que o papá saia mais cedo para trabalhar mas a meio da tarde já o temos em casa, o que por vezes nos permite dar um pulinho à praia antes de jantar!
O Horario escolar dos meninos também muda. Passam a entrar meia hora mais tarde, a duração das aulas diminui cerca de 10 minutos e o tempo de recreio é aumentado.

Os nossos hábitos alimentares também mudam. Não fazemos Ramadão a 100% mas como normalmente levamos o almoço para o escritório e comemos aí, durante o mes de Ramadão, em respeito para com os Marroquinos com quem trabalhamos não o fazemos. 
Então durante o tempo que estamos a trabalhar não comemos nem bebemos nada. Só quando chegamos a casa, e por isso também tentamos tomar um bom pequeno almoço antes de sair. E no meu caso, o cafezinho que normalmente é tomado no escritório, tomo-o em casa também antes de sair.

As crianças muçulmanas não estão obrigadas a fazer Ramadão e por isso o João continua a levar o seu pãozinho para comer no recreio da manhã no colégio. 
Com a Maria as coisas são diferentes... com 13 anos já todos os adolescentes fazem Ramadão e este ano ela também disse que vai querer fazer alguns dias Ramadão em respeito pelos seus amigos/as. Durante o tempo que está no liceu não come nada (entre as 8:15 e as 15:00) e só come quando chega a casa. Ontem por exemplo não quis comer e só terminou o jejum na hora do Ftour, que é a hora a partir da qual se pode comer pois o Sol já se pôs (normalmente por volta das 19h45). Esta hora é anunciada pelos Imanes, através dos megafones das mesquitas. Ontem foi convidada por uma amiga a comer o Ftour na sua casa e foi onde rompeu o jejum.

O que os muçulmanos normalmente comem no Ftour no Ramadão são tâmaras com leite, Harira, que é uma sopa deliciosa feita com grão, lentilhas, carne, tomate e massa muito fina (tipo a que nós utilizamos para fazer aletria), Briouat ou Cigales que são salgados que podem ser de carne picada, frango ou peixe. Isto como entrada... depois jantam normalmente frango assado ou guisado, ou esparguete à bolonhesa, ou cordeiro assado no forno, ou peixe assado no forno, tagine de peixe, vitela ou frango, etc...

Para sobremesa têm depois um monte de doces feitos com muito mel, mas a mais famosa e que eu adoro é a Chebaquia, que é uma massa frita regada com muito mel e polvilhada com sementes de sésamo.

E é assim durante todo um mês em que a noite se transforma em dia e as familias e amigos se reunem para romper o jejum juntos e nós cristão temos também a oportunidade de participar pois todos os anos somos convidados por vários amigos para participar do seu Ftour. Gosto muito!


Tâmaras com leite


Harira


Briouat


Cigales


Chebaquia


29 maio 2017

Os irmãos mais novos...

Tenho duas amigas que cada uma delas tem 3 filhos. Coincidência ou não os mais velhos são companheiros de liceu, sendo um deles inclusivamente da turma da Maria e os do meio são ambos da turma do João, mas os mais novos são de partir a rir.

Uma destas minhas amigas é marroquina e portanto muçulmana também. Nas ultimas férias escolares foram de viagem a Paris. Dizia-me ela:
-Passei das maiores vergonhas da minha vida... assim que saímos do avião e entrámos dentro do autocarro, ainda dentro do aeroporto, desata a rezar e a dizer "Alla u akhbar". Quanto mais eu lhe dizia para se calar, mais rezava ele. E como se não bastasse repetiu a mesma coisa no metro e em todos os taxis que entramos!!! 

O mais engraçado é que estou mesmo a imaginá-lo... Um pirralho de 6 anos mas que tem uma cara de reguila... Fartei-me de rir quando ela me contou.

Esta outra minha amiga é espanhola embora viva em Tanger desde criança. No ultimo aniversario da filha do meio a comemoração incluía uma ida ao skate park. Quando lá estavam o filho mais velho caíu e fracturou o pulso. A festa teve então uma pequena interrupção enquanto a minha amiga levou o miúdo ao hospital. Quando chegaram a casa, cantaram então os parabéns e partiram o bolo. Depois de cantarem então o "Cumpleaños feliz" diz o pequeno com 5 anos:
-Agora cantemos "Cumpleaños fatal"!
Foi gargalhada geral!!


26 maio 2017

Apresentação da Peça de Teatro

E ontem foi o dia do João brilhar!!
Foi a apresentação da peça de teatro de uma das actividades extra escolares.
A peça chamava-se "A outra história da Branca de Neve" e o João fazia de cavaleiro.
Gostei muito e os miudos portaram-se lindamente. Adoro ver como se dão tão bem e se preocupam todos uns com os outros...
E a Carol, a professora de teatro é um encanto... Já no ano passado tudo correu maravilhosamente bem com o grupo de teatro da Maria e este ano foi igual. Pena que se vá embora e no próximo ano já não vai estar...

Mas a apresentação foi um verdadeiro sucesso!!! Estão todos de parabéns!!!



O João à direita, vestido de preto, ao lado da professora de teatro

video

Aqui o fim da peça com todos os actores :) 
O Jota de cavaleiro com a sua espada e escudo :) 

22 maio 2017

O Espectáculo do Conservatório

E pronto, depois de tanta lufa lufa, tantas aulas, tantos ensaios e tantos nervos tudo passou!

Mais um ano o Espectáculo do Conservatório foi apresentado no Anfiteatro do Colégio Espanhol. Este ano decorreu apenas num dia e foram apresentadas todas as actuações em duas sessões; uma de manhã e outra de tarde.

A Maria participou nas duas. De manhã apresentou uma dança que era uma mistura de Dança Contemporânea e Hip Hop e, na parte da tarde a dança de Ballet que este ano foi uma musica do Bailado "O Quebra Nozes".

Eu como sempre senti-me uma mãe babada e muito orgulhosa da minha princesa!


A Maria na sua apresentação de Ballet



Com o grupo de Dança Contemporânea e a sua Professora.