25 fevereiro 2008

O Nosso Folclore

Adoro Ranchos, adoro o folclore, e mais uma vez pude comprová-lo na passada noite de sábado. Aquilo que se previa uma noite como as outras noites de aniversário do Clube Macinhatense (80 anos) veio a tornar-se numa das melhores noites que passei nos ultimos tempos.

Ao chegar foi a surpresa de ver uma mesa cheia de amigos, graças à Zezinha (obrigada Zézinha) que teve a iniciativa de telefonar a toda a gente, a convocar para o evento.

A festa começou durante o jantar, com as "conversas da treta", e animou ainda mais com a actuação do Grupo Folclórico e Etnográfico da terra. Ao som das concertinas, dos ferrinhos, do bombo e das violas, que marcavam o ritmo para os dançarinos, juntaram-se as nossas palmas e as colheres a bater na mesa. Arruaceiros chegaram a chamar-nos mas o que é certo é que passado pouco tempo estávamos a ser convidados para subir ao palco e dançar com o grupo, convite ao qual não nos fizémos rogados, e ala tudo para cima do palco. Nós e os que para nós tinham olhado de lado pela "barulheira" e que depois se renderam à festa...

O grupo folclórico tocou 5 musicas nas quais participámos, no meio de muito riso e boa disposição, a aceitámos abandonar o palco, pois fomos informados de que o grupo teria que sair muito cedo no dia seguinte para uma nova actuação, mas o que é certo é que depois de eles terminarem a sua actuação estavam tão animados com a festa que esqueceram o compromisso dio dia seguinte e vieram tocar e dançar para junto de nós. Tudo misturado, publico e artistas, a dançar no meio do salão. E a festa durou até às 2 da manhã...

ADOREI!

19 fevereiro 2008

Para a minha irmã...

...pois é, também estou em falta contigo, se bem que é um atraso menorzinho...
Apesar de não ter deixado passar o dia sem te telefonar, para te felicitar pessoalmente, queria deixar também aqui uma mensagem de Parabéns, de muita vida, muita saúde, muita sorte, e muita força para a tua vida que espero que seja muuuiiittooo looonnngaaaaa!
Beijos de saudades. Que raio, tinhas que ir para tão longe????

Do pouco tempo...

...que tenho tido ultimamente, pouco me sobra para principalmente ir actualizando este cantinho, o que me dá pena! E dá-me pena porque acabei por deixar de registar momentos tão importantes do crescimento e das vidas dos meus meninos. A falha principal começou no meio do mês de Janeiro, quando nos dias 18 e 19 comemoraram respectivamente 2 e 4 anos, e junto com o de 2 anos, o papá comemorou 43...

Foi o trabalho, o dia a dia, a organização da festa, o "ainda não descarreguei as fotos", enfim uma data de coisas...

No entanto, e hoje que consegui este tempinho não quero deixar passar sem dizer o quão rica me sinto com a família que tenho. E apesar de ainda não ter conseguido descarregar as fotos da festa de aniversário, dizer que foi uma festa linda e apesar da trabalheira (afinal eram só cerca de 45 adultos e 20 crianças) cheguei ao fim do dia muito feliz, principalmente porque via a felicidade estampada na cara dos meus três amores.

Embora fora de tempo e atrasada um mês parabens meus queridos, que a vida vos sorria sempre, e quando assim não for, que tenham sempre a força, a coragem e a fé suficientes para seguir sempre em frente, apesar de tudo.

Como é que isto funciona?

Domingo à tarde, fomos dar um passeio de carro. Só mesmo nós para sair de casa a um Domingo e ainda por cima a chover!
No regresso a Maria comenta:
-Então como é que é? O volante vira para aqui, e vai para aqui, o volante vira para ali e vai para ali!
Como estávamos os dois de costas o pai disse-lhe:
-Pois, o papá vira o volante para a direita e o carro vai para a direita, quando vira para a esquerda, o carro vai para a esquerda.
-Mas não era isso que eu estava a dizer... Eu queria dizer que o carro vira para a direita e a minha cabeça vai para a esquerda... Afinal como é que é isto?
Lá lhe começámos a explicar, que o carro vai em linha recta, que depois muda de direcção, que há tendência para o corpo continuar o movimento e por isso a cabeça pende para o lado contrário, blá, blá, blá....
-Está bem, ja entendi!
Mais tarde, já em casa, ao deitar ela pergunta:
-Mamã, explica outra vez o carro nas curvas mas faz os gestos...
Com as mãos lá simulei o movimento do carro e no fim:
-Era mesmo assim que eu tinha imaginado!

Rescaldo

...do dia dos namorados, a Maria trouxe para casa um postal do L. Vinha contente com o objecto, era bonito, tinha um gato para ela pintar, mas com o seu significado não lhe vi nenhum entusiasmo... Do que ela queria mesmo dar conta era de que ela tinha oferecido o postal feito por ela à melhor amiga!

Na salinha do João, o dia passou despercebido, pelo menos para mim, foi essa a impressão que ficou!

Para nós acabou por ser mais um dia como os outros, pois estivémos separados durante o dia e durante a noite. Apenas nos reencontrámos às 22h30 quando cheguei a casa. Brincámos com os meninos, deitámo-los, e no fim estávamos mortos de cansaço. Mas felizes!!!

14 fevereiro 2008

A propósito do Dia dos Namorados

E porque este é um espaço dedicado aos meus amores (e não só, mas principalmente) não podia deixar de registar neste dia que é hoje o dos namorados, embora com um atraso de um ano (também há um ano atrás este cantinho ainda não existia) , um gesto de amor.


Pois então como eu dizia, faz hoje um ano, ao chegar ao infantário para ir buscar os meus meninos, encontro a Maria com um magnífico ramo de flores, oferecido pelo namorado(ou melhor, pela mãe do namorado).


Surpreendida pelo acontecimento fiquei eu. Inchadíssima com tal oferta estava ela.

A educadora, não pode de deixar de registar tão solene acto que foi o da entrega do dito ramo.
Era ou não era giro o ramo?




E eles até formavam um belo par, não formavam?





Formavam, pois a Maria a partir de determinda altura deixou de achar piada, pois segundo ela, o menino andava sempre "ranhoso e eu não gostava de beijos com ranho". Desculpas... Que o cachopo além de ser giro, até anda sempre muito limpinho, mas....

Este ano, quando lhe perguntei para quem era o postal dos namorados que estavam a fazer na escola, respondeu-me que como não tinha namorado, o postal era para a sua melhor amiga, e "prima", a Inês...

Estou quase de abalada para os ir buscar... Vamos lá ver que surpresas vou ter este ano, ou não....

Fizémos a Arvore!!

Na sexta feira também foi feriado aqui em Marrocos! Aqui comemorou-se o aniversário do nascimento do Profeta Mohammed, e graças a isso pud...