28 novembro 2012

Já agora...

Só para dizer que tenho andado com umas dores de costas e umas dores de estômago... Horríveis! Esta noite tive que me levantar às 2 da manhã para comer qualquer coisa a ver se a dor de estômago passava... Felizmente passou :)

Que agitação...

Esta semana tem sido muito agitada. A minha amiga Mari foi mais uma vez para Espanha para o ultimo tratamento de quimioterapia, e com a ida definitiva da Ana (outra amiga que já voltou definitivamente para Espanha), coube-me a mim, com imenso prazer a tarefa de ir levar  e buscar os filhos dela ao colégio. Então tem sido uma animação... Começamos logo às 6h20 da manhã com o despertador a fazer barulho, levantar, tomar banho, vestir, acordar os miudos, preparar os pequenos almoços de todos, depois fazer as camas e por as roupas a postos de se vestirem, preparar as marmitas com os almoços, e os saquinhos do lanche para o intervalo da manhã. Gritar 553 mil vezes, "Despachem-se ou vamos chegar tarde, Vão lavar os dentes, já se pentearam?, Vai-te calçar, Come mais rápido" e por fim... sair de casa às 7h45m. Ir buscar mais 3 pestinhas a casa e levá-los ao colégio. Deixar a primeira carga e seguir para o colégio dos meus. Chegar pelas 8h25m e... respirar, depois de os ver na formatura do pátio, e de seguida entrar na sala.
Ás 14h00 começa nova maratona... Ir buscar os meus, que saem às 14h30m, arrancá-los do colégio, o que normalmente é difícil... Querem sempre ficar mais um pouco, depois é a conversa com os outros pais, mais os professores que se vão juntando, enfim...  Depois de conseguir sair é hora de partir para o Colégio Americano e esperar que saiam os dois mais velhos às 15h30m. A mais pequenina que também sai às 14h30 já está com outra amiga que a foi buscar à salinha e também espera que o filho mais velho saia às 15h30m. Felizmente há já um grupo de amigos que nos permite este jogo de traz e leva ora agora fico eu, ora agora ficas tu:) 
Depois de sair do colégio, põem-se outro drama. Vamos brincar para casa de quem? Para já um dia aqui outro dia lá, e o que lhes vale é que são todos crianças muito responsáveis e vão sempre primeiro fazer os trabalhos de casa antes de brincar... E é giro ver como gostam de fazer os trabalhos de casa juntos, e mostrar uns aos outros o que estão a estudar, e a fazer na escola...
Por outro lado, esta semana também aumentou a minha carga horária de aulas... Durante as próximas 4 semanas passoa a dar aulas duas vezes por semana...
Mas apesar de toda esta azáfama sinto-me bem:) 

26 novembro 2012

E aqui estamos...


Neste cantinho à beira mar plantado, com cerca de 700 000 habitantes mais :)

Festa Internacional...

Sábado tivémos o aniversário de dois filhos de uma boa amiga que fiz aqui em Tanger, e estes eventos são sempre óptimas oportunidades de conhecer pessoas. E mais uma vez me surpreendi e me sinto tão rica com as coisas que vivo e as pessoas que conheço aqui. O casal de franceses, que são os pais adotivos do Jojo, o menino pretinho mais fofo que conheço, e que conhecem tão bem Portugal, porque já viveram... precisamente em Aveiro, e ela que é médica e ajuda todos os pais dos coleguinhas dos filhos (têm mais dois rapazes, seus filhos biológicos); e mais o outro casal, a Kenza que é filha de pai marroquino e mãe americana, que casou depois com um americano; a Rebeca que é espanhola, com a sua filha Maria que se veio juntar ao grupo das outras duas Marias (a minha e a Sevilhana), e o seu marido Pablo que se está a estabelecer em Tanger, assim que a sua fábrica seja construída por uma empresa portuguesa... E apesar de todos terem os filhos em colégios diferentes, uns acabam sempre por conhecer os outros... Ou porque se conhecem da igreja, ou da catequese, ou do Ioga, ou do Ginásio, ou o amigo do amigo já os havia apresentado e chegamos à conclusão que afinal esta nossa comunidade estrangeira em Tanger, acaba toda por se conhecer... Foi um dia muito bem passado e bastante enriquecedor... Os miudos, esses... como sempre... divertiram-se à brava!!!

22 novembro 2012

Mau...

Não gosto quando os miudos se sentem mal, com dores e agoniados, mas foi assim que a minha princesa esteve ontem... Passou bem a tarde, mas à hora de jantar começou a queixar-se que estava mal disposta, que lhe doía um pouco a cabeça... Ao princípio pensei que era fita para não jantar, mas também não insisti muito... Comeu um pouco de sopa, e depois comeu um poquinho, quase nada de pescada cozida com batata cozida, que até é uma das suas comidas preferidas... Ao ver que nem por isso comia, comecei a pensar que seria verdade, que estava mesmo mal disposta, e depois de jantar, enquanto metia a loiça na máquina, chamou-me aflitíssima e acabou por vomitar o pouco que tinha comido... Confirmou-me depois que tinha comido na escola (apesar de eu lhe mandar o almoço todos os dias) um pouco de pizza de uma colega na cantina... Teria sido isso?
Ficou mais um pouquinho deitada no sofá junto ao pai, mas logo logo quis ir deitar-se... 
Hoje acordou bem disposta... Tomou o pequeno almoço e foi para a escolinha... A ver como passa o dia e se não passou só de uma indisposição... 

Bolachas de Gengibre

No ultimo ano lectivo em Portugal, por alturas do Natal,  o João fez com os coleguinhas e, com uma receita da professora, bolachinhas de gengibre, para comer e decorar a Árvore de Natal. Desde aí sempre fala nas bolachinhas e como trouxe a receita para casa, a minha sogra por vezes fazia-lhe as ditas bolachas. 
Uma das coisas boas de termos vindo para cá foi o tempo que agora lhes dedico, as horas que agora posso passar com eles e os mimos que não nos cansamos de trocar... Mais com ele que com ela é certo, mas o amor pelos dois é o mesmo, apenas ela não é tão dada às manifestações de carinho :)
E vai daí depois do rapaz muito pedir dediquei-me à tarefa e toca a fazer as bolachas... Para mim foi uma estreia... Sempre achei que fazer massas que depois tinham que se deixar um tempo a "repousar" e trabalhá-la depois com o rolo da massa era uma coisa complicadíssima, mas ainda assim... ganhei coragem. Fomos comprar os ingredientes e mãos à obra. Durante a tarde fizémos a massa, deixou-se repousar no frigirífico, e depois de jantar toca a estender, cortar com as forminhas (na falta de melhor aproveitámos as formas que vêm nos baldes da plasticina) e por ao forno...
Foram 3 tabuleiros de bolachinhas que... segundo eles, que eu sou suspeita :) ficaram muito boas. E afinal... não é tão difícil trabalhar a massa com o rolo!!!

E aqui está o resultado!!! :D 




















19 novembro 2012

Horários

Uma das coisas que não gosto em Tanger são os horários do comércio e serviços... É certo que são 8, 9 da noite e ainda temos quase tudo aberto, mas de manhã... Não adianta sair de casa antes das 11 da manhã, e ainda assim ainda apanhamos muitos lojistas a abrir os estabelecimentos e a expor os artigos... Aqui não adianta sair de casa de manhãzinha para tratar de nada, e à sexta feira nada feito... Dia santo para os muçulmanos quase tudo está fechado...


Imagem retirada daqui

16 novembro 2012

Bendita cabeça...

Ontem quando cheguei a casa depois de ir dar aulas não encontrava o telemóvel na carteira. Voltei ao carro para ver se teria por lá caído, ligava-lhe do telefone do Ivo para ver se o ouvia... Entretanto lembrei-me que o tinha posto no silêncio durante a aula e que não tinha voltado a activar o toque... E que escuro estava no carro e não se via quase nada... e o bicho nada de aparecer nem de dar sinal... Depois toca de ligar para a escola perguntar se por lá tinha ficado em cima da secretária... que não, não encontravam nada... e eu a ver a minha vidinha a andar para trás...
Custa-me pensar que se algum dia perder o telemóvel tenho lá alguma informação pessoal,e fotos dos miúdos que não gostaria que, sabe-se lá quem o encontrar tenha acesso... Para além de perder todos os contactos... Ai o camandro... E agora onde é que está o raio do telemóvel? 
Até que o meu rico filho diz:
- Está aqui mamã!!! Na mala do computador vês? Eu bem sabia que só o podias ter confundido com o rato e o tinhas guardado aqui!!!!
Meu rico menino, dá cá beijinho!!!

O melhor de hoje ser feriado...

Não ter que preparar lanches, almoços e marmitas às 7 da manhã... Ah descanso!!!! Ah! está SOL!!!!!

15 novembro 2012

Dia tarefado...

Dia de limpezas semanais e logo à noite tenho aulinha!!! Parece que finalmente retomámos a rotina e a continuidade do ano escolar... Ainda bem que não foi feriado hoje para não haver nova quebra...

Será ou não feriado amanhã?

E por causa da Lua, e do que está explicado no post abaixo, ontem à noite estava tudo à espera da noticia a partir das 8 da noite, se hoje seria ou não o Primeiro Dia do Novo Ano Muçulmano. Se haveria ou não escola, se se ia trabalhar ou não... E afinal não! Feriado e dia de folga só amanhã.
É engraçada esta forma de decidir os dias festivos pela observação da Lua. O mesmo acontece no início e no fim do Ramadão. Há que esperar pela véspera e assim ter a confirmação via notíciosa na TV...

O início do ano Muçulmano


O Calendário Islâmico, ou calendário da Hégira, é puramente lunar. O início do seu uso coincide com o início da Era Muçulmana, também conhecida como Era da Hégira. A palavraHegira vem do Árabe, el hedjra, e significa fuga. Refere-se à época em que Maomé, perseguido pelos Korishitas, fugiu da sua cidade natal, indo de Meca para Medina na noite do dia 15 para 16 de Julho de 622.
A obediência ao Calendário Islâmico, baseado no Corão (Sura IX, 36-37), é um dever sagrado dos muçulmanos. É o calendário oficial nos países ao redor do Golfo Pérsico, especialmente na Arábia Saudita, Kuwait e Iêmem. Outros países maometanos usam o Calendário Gregoriano para propósitos civis e o Calendário Islâmico para propósitos religiosos.

O ano muçulmano

O ano muçulmano tem 354 dias distribuídos em 12 meses baseados no movimento da Lua. O primeiro dia do primeiro ano é fixado no Corão como sendo o primeiro dia do mês de Muharram. As iniciais D.H. que precedem o número de um ano significam Depois da Hégira. Em D.H. 17, Umar I, o segundo califa, estabeleceu o início da Era da Hégira em 1 Muharram D.H. 1 como a data que coincide com o dia 16 de Julho de 622 do Calendário Juliano.
Como o ano maometano é mais curto do que o ano solar, os meses acabam se deslocando em relação às estações do ano. O ciclo deste deslocamento é de 32 anos e meio.

Os meses muçulmanos

Considera-se o começo de um novo mês quando um observador vê, pela primeira vez e a olho nu, o crescente lunar depois de uma Lua Nova. Apesar do cálculo da Lua Nova ser bastante preciso, a visibilidade do crescente é muito mais difícil de predizer. Depende de fatores como as condições do tempo, as propriedades óticas da atmosfera e a localização do observador. Portanto, as datas podem variar de acordo com a cidade e é muito difícil fazer a previsão de quando um novo mês terá início. Este fato gera problemas, no mínimo, curiosos. Um deles é a impossibilidade de se imprimir calendários antecipadamente.

* tirado daqui 

13 novembro 2012

Cache cache


Ontem enquanto fazia o jantar decidiram brincar às escondidas. A contagem era na porta do frigorífico e depois, a busca. Giro giro foi quando foi a vez do João procurar a irmã. Avançava para a sala e ela escondidíssima chamava-o. Ele voltava a correr para a cozinha buscar-me para ir com ele que a voz da irmã o assustava! Um fartote, o meu menino... ;)

12 novembro 2012

Aid Mubarak



Aproveitando a Festa do "Aid Mubarak", ou seja a Festa do Cordeiro, que os Muçulmanos comemoram, em que as famílias se reunem e matam o pobre do Cordeiro, modo de simbolizar o momento que Abraão se preparava para sacrificar o próprio filho e Deus lhe permitiu que o trocasse por um cordeiro, como agradecimento pela sua Fé, e as férias escolares dos miúdos, demos um saltinho a Portugal. Na foto ainda estávamos no barco, prestes a sair de Tanger, o pior momento para mim de toda a viagem... Bendito Vomidrine que não sei o que seria de mim sem ti! O pior é depois que passo a viagem toda com um sono... :) Tenho que experimentar os comprimidos para o enjôo que têm cafeína como me sugeriu a minha amiga Mari...

Uma coisa engraçada que nos aconteceu desta vez... Em Espanha fomos mandados parar pela Policia porque não conheciam a Matricula do carro e quiseram perguntar-nos donde vínhamos, eheheheh 
Achei um piadão... E o Ivo a pensar que tinha sido apanhado em excesso de velocidade... outra vez, ups!!!!

Os dias passados em casa foram ótimos e souberam a pouco... Por momentos parecia que nunca tínhamos saído de Portugal e a rotina mantinha-se... Os miudos foram à escola, ela foi à equitação, ele foi aos treinos de futebol, tal qual como antes de ir para Marrocos... Que bom ver como os meus filhos são recebidos pelos antigos colegas e professores, com saudade e alegria!!!

E eu... fui às tias, apesar de não ter ido todos os dias, pois houve assuntos para tratar, o feriado que se meteu, e... não matei as saudades todas... No Natal terei que ser mais assídua :)

Aroveitámos também para renovar o stock de alguma roupa e calçado dos pequenos, pois crescem, e o que servia o ano passado, já não dá... Bendita Zippy e Modalfa que me fazem aqui uma falta danada...

Agora estamos novamente em contagem decrescente, pois o Natal vem aí! Para já matámos saudades de castanhas e jeropiga, e trouxémos mantimentos portugueses que nos ajudam a sentir o gostinho português... :)

09 novembro 2012

Farta

Ando tão, mas tão farta de coisas que nunca mais acabam... E de coisas que nuca mudam... Apesar de toda a esperança há momentos que... Estou tão cansada...Caramba!!!! Apetece-me desistir de tudo!!!