25 fevereiro 2015

Da escola e das alternativas

E desde o último post aconteceu tanta coisa... 

As aulas lá começaram, no novo colégio que não tem muitos alunos mas até aos dias de hoje eles estão contentes. O aproveitamento tem sido excelente mas começo a notar cada vez mais uma saturação pela falta de colegas da sua idade, de actividades diferentes, de movimento. Vão compensando isso com os amigos do conservatório, da catequese, mas ainda assim... faz-lhes falta.

Nas últimas semanas comecei a visitar outros colégios... Fui ao francês e ao espanhol... O Americano é uma loucura de preços... Decididamente não há mais alternativas em Tanger para que continuem com o programa britânico de Cambridge. É uma pena, mas por outro lado penso que o nível de inglês que conseguiram neste últimos 4 anos já não os perderão... quem sabe se não é altura de aperfeiçoar outros idiomas? Ao fim e ao cabo enquanto estivermos aqui qualquer sistema de ensino que integrem será um sistema estrangeiro para eles...

Entretanto começaram a estudar espanhol para se prepararem para a prova que terão que fazer nas candidaturas...

A ver vamos como irão correr e se consigo que não tenham que fazer as de francês. Se as fizerem acho que estão preparados pois tiveram aulas de francês desde que chegámos a Tanger, mas quem pode ser que não stressem tanto :)


Resolução

Não sei porque deixei de escrever tão regularmente como fazia. Ontem alguém publicou no facebook que é mais fácil ir publicando coisas lá, que a visualização pelos amigos é maior. É verdade, mas esse não é de todo o objectivo deste blog ou não o tinha privatizado. Mas a verdade é que pouco a pouco fui abandonando este cantinho. 

Ontem a minha filha perguntou-me: "Mamã, o que é Ticopei?" E repondi com outra pergunta: "Isso digo-te eu... era o que dizias quando eras pequenina e por isso eu chamei Ticopei ao meu blog"

Já sabem da sua existência, mas ainda não lhes deu para começar a ler. Ficam-se pelo (lá está) Facebook e pelo que vou lá publicando e que eles vão partilhando nas suas próprias páginas.

Gostava de imprimir o blog. Através de sites que fui descobrindo já consegui obter uma versão em pdf muito engraçada, com comentários incluídos e com uma apresentação como se realmente de um livro se tratasse... e são afinal tantas páginas... Para mim um autêntico tesouro. 

No outro dia, ou melhor... há muitos dias comecei a ler post antigos, bem antigos, quase dos primeiros... E há  tanta coisa, tantos sentimentos, tantas emoções que já não recordava... E fiquei tão contente por os ter registado aqui, por poder guardar esses momentos dos quais posso sempre voltar a viver... 

Resolução do dia! Voltar a escrever no Ticopei! Resuscitar o Ticopei!