30 outubro 2011

Voltaram!!

Tudo voltou ao normal, já consigo ver outra vez os meus seguidores e parece que afinal não perdi a ligação quando eliminei e voltei a inserir a aplicação! Boa!!!:) 

28 outubro 2011

Seguidores...

Meus seguidores... onde estão vocês que vos perdi??? De repente deixei de visualizar os seguidores... Não são muitos eu sei, mas são os que tenho e que muito estimo, e agora deixei de vos ver... Já experimentei mudar a caixa de sítio, eliminá-la e voltar a colocá-la (se bem que aqui acho que perdi as ligações) mas... nada:) Não pensem que fui eu que vos eliminei, e continuem a visitar-me... Agora apenas vejo o título e não sei mais que fazer... Estou triste, pronto!!!:(

26 outubro 2011

Saudades

E falta cerca de uma semana para quatro dias em Portugal. Para "ir buscar o que falta", para visitar os amiguinhos e professores na escola antiga, para dar beijinhos e abraços apertadinhos a quem nos é querido, e para o meu café... no Clube das Tias...
Ahhh... Saudades...

25 outubro 2011

24 outubro 2011

PSSSTTT!!!!!

Estão a ver aqueles anuncios ali à esquerda? Mais abaixo, mais um bocadinho... isso mesmo, aí!!!
Vá lá, nem que seja por curiosidade, cliquem lá. Vá lá, para ver se eu consigo juntar mais uns cêntimos... Grão a grão...
Eternamente agradecida:) Eu depois vou fazer o mesmo aos vossos cantinhos ok?

A Chuva

O Outuno de facto hoje deu o seu arzinho... O dia amanheceu com chuva, muito vento, mas sem frio, e de repente dou-me conta que ele, que usa calções desde Maio, precisa de calças e ela precisa de uns sapatos novos e umas botas...

20 outubro 2011

Passou...

E foi mesmo só uma visita muito muito ligeira (felizmente) que a febre nos fez... Dia todo livre de grandes temperaturas!!!

19 outubro 2011

Estreia

E ontem tivémos o primeiro episódio de febre em Tanger. Foi na Maria, mas não me surpreendeu, pois já tinha havido outros casos no Colégio, na semana passada. Passado um tempo depois de chegar a casa, e das queixas dela, o termómetro confirmou os 38,3º. Ben-U-Ron, o resto da tarde deitada no sofá a ver televisão, e bastou para a febre desaparecer. Durante a noite, vigia à meia noite, às 2 e 4 da manhã... Nada... temperatura normal e assim, hoje de manhã foi para o Colégio. A ver vamos como corre o dia!

18 outubro 2011

A escrita do João

O João, que no Colégio se transformou em Joe, começa a querer escrever e comunicar connosco desta forma. Por isso no outro dia fazia estas perguntas ao pai, via chat do Skype:

coadoecfamosacpraia
tradução: quando é que vamos à praia


coadoecieosmosanos
tradução: quando é que é os meus anos



koadoecfamososinma
tradução: quando é que vamos ao cinema

A pouco e pouco, (ou chuia chuia, como dizem os marroquinos) a coisa vai:)

14 outubro 2011

Dos Cortes

Apesar de estarmos em Tanger, acompanhamos diariamente a agonia e morte lenta que Portugal atravessa nos tempos de hoje, e contrariamente àquilo que mais desejava, vejo dia a dia a confirmação do que já há muito prevíamos com a esperança de que não fosse bem assim...
Quando em 2008, o Ivo veio pela primeira vez a Marrocos, a primeira coisa que me disse qundo chegou a casa foi: "Nós vamos mudar-nos para Tanger!" "Está maluquinho da cabeça..." Pensei eu..."Alguma vez vou deixar a minha casa, a minha família, os meus amigos, os meus alunos, as minhas escolas... Isto não há-de ficar assim tão mal..." Com o passar do tempo, fui obrigada a começar a ponderar melhor essa hipótese, e em 2009, o encerramento da empresa, trouxe quase essa certeza. E ao mesmo tempo não vislumbrava nada que me desse sinais de que a decisão e a escolha tivessem alternativas... A situação estava má, as contas certas, os combustíveis cada vez mais caros, os meus honorários/hora, cada vez mais baixos, as horas de formação cada vez menos, e assim que a oportunidade apareceu foi agarrada com unhas e dentes! Na hora da partida confesso que pairava em mim o peso das saudades, do que ia ficar para trás, as minhas "tias", a família, o nosso ambiente, os amigos e o nosso mundo. Iria ter que recomeçar noutro sítio completamente diferente... E os meninos... Os amigos, os professores, os ambientes, os cavalos, o futebol, os avó, as rotinass... Valeria a pena? Compensaria o sacrifício? Mas os cortes já eram mais que muitos e estávamos a senti-los verdadeiramente na pele...
Com a chegada as coisas correram normalmente. A adaptação dos meninos correu bem, o trabalho do Ivo corre sobre rodas, e o meu começa a aparecer mais regular... E penso... Parece que o sacrifício da distancia e da saudade vai valer a pena... Tem que valer... E depois chegam estas noticias, e os mails das escolas a anunciar que os cursos que normalmente me estavam destinados não vão arrancar, e penso... Se tivesse ficado neste momento não tinha o que fazer... Custa pensar nisto, e custa pensar que este conforto de que viémos à procura tem este preço enorme que é a saudade, mas de facto... Não temos outra saída. E sei que assim é melhor. Que temos um trabalho onde recebemos o que merecemos por ele, e que os meus filhos frequentam uma escola onde o grau de exigência existe.

A Festa...

E sem contar e sem planear o dia de ontem foi muito bom... Tive a companhia do Ivo à hora de almoço e fomos juntos buscar os meninos ao Colégio. Depois meio à pressão foi combinado um jantar cá em casa com uns amigos queridos, que trouxeram uma garrafa de Champanhe, Sobremesa, e um bolo e velas para comemorar as Bodas de Estanho:)  (Uma vela 4 e outra 6, pois que na loja não havia 0, e então vamos raciocinar... 4+6=10, e está feito, uma vela 4 e outra 6) Trouxeram ainda uma prenda muito especial... Um presépio, feito pelo nosso amigo Luis, que é um artista do melhor. De maneira que Presépio em Tanger já temos!:) E recebi também uma enorme ramo de flores oferecido pelo meu amor, quando chegou para jantar! De surpresa apareceu também o Fernando, o amigo da Maria, que acabou por passar a noite connosco enquanto os pais foram a em evento social... Comemos, bebemos, brindámos, cantaram-se os parabéns, apagaram-se as velas e ainda deu tempo para irmos dar uma volta á Marginal junto à praia e ir tomar uma "pression" e ouvir um pouco de musica.... Bom, muito bom...

13 outubro 2011

10 Anos



10 anos de felicidade, de alegrias, de amor, de dias, horas, minutos, coisas boas, menos boas, birras,e amuos, reconciliações, cócegas, sorrisos, lágrimas, gargalhadas, tristezas, surpresas, enfim e, tal como a vida, o salgado e o doce, o amargo e o picante, tudo vem junto, e ora assim, ora assado , o mais importante de tudo... Juntos, sempre juntos. Tu, eu e eles; os nossos meninos, os nossos frutos, o nosso orgulho! Obrigada por estes últimos 10 anos. Não... no fundo, obrigada pelos últimos 14 anos:)

11 outubro 2011

Bilingues, multilingues - Parte II

- Mamã estou a ensinar a Rufeida a conta em Português...
- Ai sim? E ela?
- Ela está a ensinar-me em holandês...
:)

06 outubro 2011

Bilingues, multilingues

Integrando um colégio, apesar de marroquino, com um programa Internacional, onde as aulas são dadas totalmente em inglês, leva a que além do inglês, eles aprendam outras linguas, consequência da frequência de crianças de diferentes nacionalidades. E desta forma, nos demos conta de que a Maria, além do português, sua lingua materna, já começa a dominar bem o espanhol e o inglês. Foi na terça feira passada, na festa de aniversário do seu melhor amigo Fernando, de nacionalidade espanhola, onde estava também Jesse, um menino filho de pais marroquinos, nascido em Inglaterra e que agora regressaram a Tanger. E foi um regalo para todos os pais, observar como todos já se entendem e comunicam tão bem, em inglês, espanhol e até um pouco de árabe! O momento alto da noite foi quando eles cantaram perfeitamente este tema, para mim algo difícil de articular perfeitamente. E onde aprenderam eles a cantar? No colégio, nas aulas de musica...
Pena foi os senhores do McDonalds não acharem grande piada à algazarra que eles faziam a cantar:)