27 abril 2012

Para mais tarde recordar

Cada vez amo mais os meus meninos, e abre-se agora uma (hipotética) possibilidade de ter que deixar de estar tanto tempo com eles, como tem vindo a acontecer nestes ultimos meses. E isso deixa-me assim... não sei bem como explicar, mas bem, não é definitivamente a palavra certa. 

E estão tão diferentes de quando chegámos... Mais abertos, mais conversadores, enfim, mais descarados mesmo. E crescidos....
O João, já vai no 28/29 de calçado, está alto e magro. Sempre magros, na minha opinião. Ontem parecia uma grafonola a falar e cada vez que abria a boca parecia um comediante num palco de Stand up comedy, tal era a inspiração... Passámos o fim do dia e a noite a rir à gargalhada com ele...
A Maria já vai no 31/32, e tal como o irmão também está alta e magra. Esta noite foi teve mais uma vez a visita da fada dos dentes, porque já lá vai mais um, que acabou por cair empurrado pelo seu substituto que estava à vista há já algum tempo...

Adoro vê-los crescer e acompanhá-los, estar com eles depois da escola, levá-los às actividades, a cumplicidade com a Maria, o mimo e o carinho do João... Enfim... o normal para qualquer mãe...

Sem comentários: