27 fevereiro 2012

Porque tudo muda e nem tudo é certo

E afinal não comecei a semana com a minha caminhada... Porque há coisas mais importantes, porque há palavras que não se negam, porque queria tanto estar agora aí contigo amiga...
O dia está como todos os outros... vejo os mails, leio os blogs habituais, vejo no facebook as fotos de quem sinto saudades, dos filhos dos amigos que ainda não conheço, e mando mais mails, a ver se alguma noticia chega, e os meus dias passam a ser diferentes.
Estou mais próxima que nunca dos meus filhos. Com ela está a ser muito bom... Abre-se mais, e tem mostrado mais carinho, mais afecto e agora gosta mais do contacto, do beijo e do abraço. E é tão bom... Ele continua o mesmo mimalho, e mostra agora muito o seu lado brincalhão, travesso e de rapaz, com o futebol, o skate, os patins, os cavalos e a playstation.
A minha vida não é perfeita, muito longe disso, mas sou feliz, com eles com saude. Apesar de todas as preocupações e dos muitos problemas que me parecem não ter fim, vê-los bem, integrados, com amigos, com óptimo aproveitamento na escola, deixa-me com o coração um pouco mais sossegado. Gostava eu que me saísse (apenas e só) o suficiente no euromilhões, no totoloto, na lotaria, onde quer que fosse e a minha vida passaria a ser perfeita....
Chegará alguma vez esse dia?

Sem comentários:

Matar saudades

Uma vez que os meninos estavam de férias na semana passada, deu-me assim uma nostalgia e lembrei-me que podíamos ir a Portugal, pois na se...