27 fevereiro 2012

O caracol Gabriel



Gabriel era o caracol mais enroladinho que havia no bosque. A mãe dizia-lhe que ele tinha ficado assim, de tão mimalho que era pois enroscava-se a tudo e todos assim que nasceu. Mas o Gabriel queria mesmo era ser piloto de corridas! E apesar de todos lhe dizerem que os caracóis eram muito lentos e que ele nunca poderia ser piloto, ele não desistia, e todos os dias preparava e trabalhava o seu carro! Aquele que um dia lhe iria permitir concretizar o seu sonho… Mas no bosque não havia corridas de carros, e por isso o Gabriel, continuava todos os dias a trabalhar e a sonhar,  que um dia iria pilotar aquele carro à velocidade máxima que ele conseguisse.
Um dia, enquanto estava no seu jardim, Carolina a cotovia chegou muito aflita, que Lena, a pequena lebre se havia magoado e era preciso levar o doutor Coelho até ela. E nesse instante o Gabriel, nem hesitou um segundo. Pegou no carro,  foi buscar o Dr. Coelho e levou-o até à pequena lebre o mais depressa que pôde.
A pequena lebre ficou boa graças ao carro e à velocidade do Gabriel. E nesse dia ele decidiu, que se não podia correr com o seu carro, a partir dali, ajudaria quem precisasse no seu carro veloz!

Sem comentários: