17 janeiro 2017

Do Natal de 2016 :)

 Ainda me faltava aqui contar como tinha sido o nosso Natal!

Primeiro situemo-nos no tempo... 22 de Dezembro, o dia que é suposto viajar para Portugal.
Vamos no barco das 17 pensei eu... No dia anterior fiz a mala dos miudos e "alinhavei" a nossa.
Era o "English Day" na escola da Maria, e ela tinha preparado uma dança com um grupo de amigas. 
- Tens que ir ver mãe, tens que ir ver!! Este ano é o primeiro ano que abrem esta festa aos pais, tens que ir ver...
Não tive como negar... Durante o tempo entre que eles sairam para a escola e as 11 da manhã, que era a hora a que tinha que estar na Escola para assistir à Festa do English Day, fui ao banco carimbar uns papeis e fui depois entregá-los ao contabilista. Fui a correr para casa e consegui arrumar o necessaire com as coisas da casa de banho.
Chegadas as 10h50 lá fui eu... A festa durou até às 12h45. Por volta das 12 o Ivo manda-me uma mensagem a dizer: 
- Vamos no barco das 15h00!!! 
Paniquei!!! Ainda tinha que fazer o almoço para os miudos e terminar as malas!!!
Ao sair da escola com a Maria vem a Directora dizer que não podia levar a aluna, que só depois das 13h00!!!
 - Senhora Directora desculpe-me, com o devido respeito mas tenho que apanhar um barco às 15h00 portanto não posso esperar nem mais um minuto. Tome nota que a aluna saíu na companhia do encarregado de educação e se tiver que assinar algum papel, assinarei na volta. Desejo-lhe um bom Natal e até para o ano.
Empurrei a Maria porta fora e nem dei tempo à Senhora Directora dizer mais nada!! Ehehehehe
Correria até casa e felizmente o João já lá estava. Preparo uma esparguete à bolonhesa a correr e acabo de arrumar o resto da mala, o saco dos sapatos e as tralhas que vêem sempre...
Eram 14h50 quando chega o pai recolher a malta toda! Carrega o carro a correr e toca a andar para o Porto. Chegamos a tempo e sim... ainda apanhamos o das 15h00.

O resto dos dias até ao Natal foi a azáfama de costume com a compra dos presentes, a chegada da minha mãe, os passeios para apreciar as decorações natalícias e as tardes em casa nos dias 24 e 25...

A minha mãe ficou connosco até dia 26 e depois tiveram que ir a Lisboa. No dia 27 quando regressavam de Lisboa para a Covilhã tiveram um aparatoso acidente perto de Santarém... O meu padrasto perdeu o controlo do carro, entraram em pião e acabaram na valeta com o carro caporado, mas Graças a Deus eles não tiveram nada... No entanto chegou para o susto... Mas pronto, no meio do susto resta-nos o conforto de nos falarmos e sabermos que está tudo bem...





Sem comentários:

Matar saudades

Uma vez que os meninos estavam de férias na semana passada, deu-me assim uma nostalgia e lembrei-me que podíamos ir a Portugal, pois na se...