04 novembro 2016

Rainbow Warrior

O Rainbow Warrior, um dos barcos da Greenpeace esteve atracado em Tanger. A sua vinda a Marrocos tem a ver com a realização da COP 22, a Conferência Mundial do Clima, a realizar de 7 a 18 de novembro, em Marraquexe, e que se prevê que terá a participação de entre 25 a 30 mil pessoas, conforme anunciou a ministra do Ambiente, Hakima El Haite.
Nos dias que esteve em Tanger foi possível visitar o barco e é claro que não perdemos essa oportunidade. Os miudos não estavam muito entusiasmados porque não sabiam bem o que era a Greenpeace, nem o que faziam. Então já que gostam tanto de andar a navegar na net, demos-lhes como tarefa que tinham que pesquisar sobre a Organização e tentar descobrir sozinhos a que se dedicava afinal a Greenpeace. 

Depois de nos apresentarem o que tinham descoberto e qual era a ideia com que tinham ficado da Greenpeace mostrei-lhes alguns videos de intervenções que tinham tido contra varios barcos, nomeadamente baleeiros, o que os deixou um pouco impressionados.

A visita ao barco foi muito gira mas soube a pouco. As visitas podiam fazer-se no sábado e no domingo à tarde. Como no sábado tiveram uma festa de aniversário onde aproveitaram para celebrar o Halloween só visitamos o Rainbow Warrior no domingo à tarde. Uma vez que era o ultimo dia e havia muita gente para visitar pareceu-me que foi uma visita assim a despachar o senhor que é de longe mas pronto. 
Para as crianças estavam previstas várias actividades. Pinturas faciais, que aos meus não seduziu muito, que isso é para os pequenitos; Ateliers musicais, que não vi onde porque não ouvi musica nenhuma e Atelier de Cozinha solar, que também não foi possível pois à hora que fizemos a visita, já não dava o sol no local escolhido para o atelier. De maneira que ouvimos a explicação sobre a história e concepção do barco, depois passamos à sala de comando onde nos foi explicado como funcionava o barco e para que servia cada um dos aparelhos presentes na sala, e demos uma volta no convés.
Mas apesar de tudo valeu a pena aproveitar, pois não sei se voltaremos a ter uma oprtunidade como esta.


Cozinha Solar à sombra :)






Sem comentários: