25 julho 2008

Que grande moca!

Anteontem, quando cheguei a casa, depois de ter ido buscar os meus meninos ao infantário, fui atacada por vespas. Isto porque sem eu me aperceber, fizeram um ninho no meu portão, e ao fechá-lo (com o João ao colo), elas sentiram-se incomodadas e não estiveram com cerimónias; há que picar esta fulana que nos está a ameaçar. As dores que senti ao ser picada quase não foram nada, comparado com a minha preocupação de que o João não fosse atingido, e desatei a fugir o mais rápido que pude. Depois de deixar o menino fechado em casa, voltei ao portão, armada com uma embalagem de spray insecticida e só matei 13 vespas...

Ontem de manhã reparei que o braço onde tinha sido piacada estava todo vermelho, pelo que achei melhor passar na farmácia para comprar qualquer coisa que me aliviasse aquilo. Lá me deram um anti-histamínico, com a recomendação de tomar logo um imediatamente, e outro à noite, e a partir daí, tomar um por dia mas sempre à noite...

Pois então lá fiz o recomendado só que à noite...se eu tomasse outro, era mesmo para ficar dois dias a dormir. Tinha prometido à educadora do meu filho que hoje levava um bolo para o lanchinho deles, só que não consegui... tinha tanto sono, tanto sono, tanto sono, que adormeci, sentada no chão à cabeceira da cama da minha filha, enquanto lhe contava uma história para ela adormecer... e quando acordei, passado quase uma hora depois, ela já dormia, mas tenho a certeza que devo ter adormecido primeiro que ela...

Logo à noite... a ver vamos se tomo outro...

Sem comentários:

Fizémos a Arvore!!

Na sexta feira também foi feriado aqui em Marrocos! Aqui comemorou-se o aniversário do nascimento do Profeta Mohammed, e graças a isso pud...