22 janeiro 2009

Saudades

de vir aqui, mas a falta de tempo tem sido a principal responsável pela ausência a este nosso cantinho. Só mesmo um pedido da educadora do João para lhe gravar umas musicas me fez ligar o computador depois do jantar. É que com a carga horária de aulas que tenho tido a única coisa que me apetece fazer depois do jantar, nos dias que não dou aulas em pós-laboral, é deitar-me e descansar, depois de ter deitado os meninos e ler-lhes a tão ansiada história antes de dormir. E é à conta deste cansaço e desta falta de força que já tenho acumuladas algumas turmas de testes para corrigir... A ver se é no próximo fim de semana que consigo dar-lhes aviamento. Aos testes mais aos relatórios, mais às planificações de Módulo, mais à documentação dos meus Orientandos de Estágio... Enfim, cada vez que olho para a agenda fico um pouco aflita, mas tudo se há-de concluir a tempo.

Quanto aos meus meninos, meus amores, principal razão deste nosso espaço, continuam lindos e a deixar-nos cada vez mais orgulhosa deles.

A Maria lá anda, naquela fase delicada, que nos desafia, é insolente, mal come, e para que coma temos que gritar, ameaçar e zangar, enfim uma carga de trabalhos. Mas depois tem o reverso da medalha, em que canta como ela só, dança que nos encanta e nos surpreende com a sede de saber que tem e nos brinda com quase todo o abecedário que já sabe de cor. Uma das brincadeiras que mais tem ultimamente é brincar às professoras com o irmão. Talvez esta fase delicada e os seus atrevimentos sejam só saudades dos avós que foram há 2 semanas para o Brasil. Se assim for (e quero acreditar que é só isso), resta-nos ter paciência e esperar mais 2 semanas para o regresso deles e que tudo volte à normalidade.

O João está uma graça só!Brinca às brincadeiras típicas de rapaz! E joga futebol com a irmã, num jogo em que ele é o guarda redes, de luvas e tudo, que defende todos os golos, nem que para isso tenha que mergulhar directo no chão, coisa que faz constantemente e sem medo nenhum. Ás vezes convenço-me de que é de borracha, tal é a violência do impacto. Confesso que a maior parte das vezes fico à espera do choro depois da queda, mas a verdade é que em vez disso, parece que tem uma mola e levanta-se imediatamente. É maroto, ardiloso, brincalhão, e gozão. Mas também é meigo, do mais meigo que há e que me recebe com um "Minha mãezinha" como só ele diz. Com uma vozinha que me derrete toda...

No passado fim de semana foi o aniversário dos dois e infelizmente foi passado no meio de febres, dela e dele, que entretanto foi e hoje voltou à Maria. Pode ser que amanhã vá embora de novo. Assim o espero.
E na segunda feira passada lá foi a festinha dos dois no infantário, Ó trabalheira, encomendar dois bolos, levá-los ao infantário e desdobrar-me em duas salas para assistir ao parabéns de um e de outro. Eu e eles, pois querem estar presentes no parabéns do mano(a).

O papá, também fez anos no domingo! O meu homem, que se tem aguentado muito bem com o facto de ter que ser ele agora a levá-los e buscá-los ao infantário e, ter que tratar deles sozinho, nas noites que tenho aulas. O homem que é o Pai que sempre sonhei para os meus filhos, que amo tanto como ele sabe.

E assim se têm passado estes ultimos tempos. Quase sem tempo para respirar durante a semana e a aproveitar ao máximo os fins de semana com os amigos, ou a descansar e a aproveitar cada segundo da sesta dos "pestinhas":)

2 comentários:

Paula Sofia Luz disse...

Ora ainda bem que está tudo bem. Bjs

Ana Cristina e Bárbara disse...

Parabéns aos 3 :)

O importante é ir conciliando as coisas...o que por vezes é complicado e implica muita ginástica.

Bjs

Fizémos a Arvore!!

Na sexta feira também foi feriado aqui em Marrocos! Aqui comemorou-se o aniversário do nascimento do Profeta Mohammed, e graças a isso pud...