12 setembro 2008

...

Sem saber que título dar à coisa escrevo. Escrevo o que não quero escrever. Que os dias estão cada vez mais pequenos, que os fins de dia são cada vez mais frios, que a minha filha ainda chora quando a deixo no infantário, enquanto me diz, com lágrimas gordas a escorrer pelas faces abaixo, que gosta muito de mim e do pai e vai ter muitas saudades, que as férias já acabaram, e que o dinheiro também vai acabando cada vez mais cedo... Enquanto isso, os dias passam, o tempo passa, sempre a somar datas, sem que pare e volte atrás.


Amanhã mais uma "cerimónia" do encerramento do Verão. Parece que ainda ontem foi a "abertura". Ainda ontem nos juntámos todos, alegres, amigos, felizes, e do pretexto do início do Verão tomámos belas banhocas de piscina, comemos todos juntos (depois de alimentadas as crianças:) ) sem deixar de brincar, partilhámos as sobremesas feitas por todos, e até revemos amigos que decidiram rumar para lá do mar, e que tudo fizeram para regressar para o dia do encontro. Estes dias que hão-de ficar para sempre registados nas nossas memórias e no nosso Livro de Actas que religiosamente, todos os anos passa de mão para os organizadores do próximo encontro. E como regista estes nossos dias... Está lá tudo, e para que não haja dúvida que todos foram, a assinatura de cada um é feita no final da leitura da Acta. Miudos e graúdos, assinaturas e gatafunhos... E como demora a leitura da Acta:) A ver se começamos a colocar lá uma foto de todo o grupo... E já passaram practicamente dois meses. DOIS MESES!



O ciclo começa novamente, a sério, a doer e com a certeza de que muito ainda vai acontecer até ao próximo ano, mas cada vez mais me parece, que o tempo passa a correr.

1 comentário:

Paula Sofia Luz disse...

que bonito texo Guida. Até aqui senti esue ses laços fortes que vos unem. Sim, a amizade é isso udo. beijo